O que fazemos?

Nos centros

Os centros de Invitation à la Vie são lugares de acolhida, de oração, de harmonização e de escuta abertos a todos.

A escuta

Nós temos, por vezes, necessidade de ser escutados, simplesmente para saber como estamos, ou para dizer o que sentimos : nossas alegrias, nossas esperanças, mas também nossas inquietudes, nossas decepções, nossos sofrimentos. Os que conhecemos, e os outros, mais profundos, mais escondidos.

A escuta, em Invitation à la Vie, durante uma conversa, é permitir que o outro expresse o que ele tem no coração. É aceitá-lo como ele é, sem querer dar conselhos, sem análise psicológica. Escutar é, pelo não julgamento, pela compaixão, ajudar o outro a se ver frente a si mesmo e, por meio da oração silenciosa, confiar a Deus o que foi expresso.

As escutas são concedidas a todas as pessoas que as peçam nos centros de Invitation à la Vie.

 

A harmonização

A harmonização, sempre realizada em oração, é um gesto infinitamente respeitoso, que apazigua progressivamente o corpo. Liberando as tensões acumuladas pelo estresse, pelas culpas ou pelas mágoas, ela contribui para livrar a pessoa harmonizada do estado de sofrimento que entrava seu desenvolvimento. Além da impressão de descontração e leveza que ela proporciona, a harmonização repercute em todos os planos do ser. Ela ajuda cada um a abordar os compromissos de sua vida com mais serenidade.

A harmonização, que não substitui nenhuma terapia, é concedida a toda pessoa que a desejar, nos centros de Invitation à la Vie.

A vida dos centros pode ser pontuada por reuniões de reflexão sobre temas relativos à vida cotidiana, encontros de convívio e noites de oração.

Os centros de Invitation à la Vie são também locais de expressão de talentos artísticos: exposições de pintura, de fotos ou ainda de escultura, espetáculos com diversas pessoas ou individuais, corais, coreografias, etc.

SOS escuta

SOS EcouteUm serviço telefônico chamado “SOS escuta” oferece uma presença atenta, um apoio de orações e uma ajuda espiritual. Todas as chamadas e pedidos de orações são confidenciais.

O número de SOS ESCUTA na França:
(33) (1) 47 61 95 95

Fora da França:
(1) 314-317-9988

Nos grupos

Toda pessoa que vem se abastecer em um centro pode, se assim o desejar, aprofundar seu caminho de transformação interior, integrando um grupo de oração.

Repas dans un groupe IVIUma vez por semana esses grupos se reúnem na casa de um dos participantes para rezar, testemunhar e partilhar uma refeição, num convívio. Esses encontros semanais revelam a cada um seu próprio questionamento, que leva a descobrir a parte divina que ele contém no fundo de si mesmo. É um convite para abrir seu coração e reaprender a amar.

Pouco a pouco se tecem na oração verdadeiros laços, onde a tolerância e a compaixão acabam por perder sua conotação de dever, para serem vividos em mais profundidade.

Essa partilha é um meio poderoso para cada um se transformar e se reabastecer, fazendo um caminho com os outros, pelos outros.

Desde a criação da associação, grupos são abertos regularmente através do mundo.

As peregrinações

Desde 1984, Invitation à la Vie convidou seus membros a participar das peregrinações na França, na Europa, no continente americano (do Canadá ao Chile), nas terras da Rússia e igualmente da Oceania (Austrália, Nova Zelândia, Vanuatu).

Peregrinações e encontros internacionais, principais destinos visitados:

Lisieux – O Mont Saint-Michel - Santiago de Compostela - Carnac - De Roma a Florença - A Grécia - Reims - A Terra Santa - O Egito - Pontmain - A Turquia - A Escócia - Vézelay - A Irlanda - O México - De Bourges a Pellevoisin - A Polônia - Auvergne - A Yugoslávia - A Cornuália - O Portugal - A Suiça - Bourgogne - A Colômbia - Rouen - A Bélgica - A Holanda - O Périgord - A Itália - O Canadá - A Espanha - A Sainte Baume - O Ténéré - O Níger - De Bayonne a Lourdes - Paris - O Brasil - A Rússia - De Carnac a Sevilha - Israel - Annecy – O Niamey - Santander - A Alemanha - As Ilhas Maurício - A Reunião - A Dinamarca - A Tailândia - A Nova Zelândia - A Austrália - A Argentina - O Equador - Vanuatu - Os Camarões - O Peru - A Inglaterra - Madagascar - A Áustria - A Escandinávia - A Romênia - A Bulgária - Os USA - O Benelux - O Chile - A Ilha de Páscoa - A Lituânia - A Letônia - A Estônia.

Desde sempre o ser humano teve necessidade de se abastecer percorrendo a Terra, para refazer uma ligação com o sagrado que ele esqueceu, mas que ele traz em si. Partir em peregrinação é um caminho interior útil em momentos chaves da existência. 

A peregrinação é uma ocasião privilegiada para se separar do seu cotidiano, do seu conforto ou dos seus hábitos durante diversos dias e para ir ao encontro de outros seres, de outros povos, de costumes e terras freqüentemente desconhecidos.

Peregrinar é igualmente abrir sua consciência à beleza e à diversidade da criação sob todas suas formas: as obras-primas de arte sagrada, de arquitetura, de pintura, de escultura, mas igualmente os da fauna e da flora. Ser peregrino é se dar a chance de se maravilhar e de se enriquecer a partir das diferenças.

O caminho do peregrino é igualmente um caminho de orações. Rezar em grande número de pessoas pela paz no coração do homem, pela paz nas famílias, pela paz entre os povos, pela paz em relação ao passado e à história, pela paz entre o homem e a natureza, etc. Rezar por esta paz particular que os lugares percorridos necessitam!

As outras atividades

Edição

A associação edita um jornal chamado “Le Livre d’IVI”. Esta revista trimestral é o reflexo da vida da associação. Ela propõe extratos de conferência e entrevistas de Yvonne Trubert. Ela também coleta testemunhos relativos às viagens, peregrinações e atividades dos membros, que partilham suas tomadas de consciência e seu caminho de vida.

Conferências e entrevistas de Yvonne Trubert na França e no mundo inteiro estão disponíveis em fitas cassetes ou CD no centro de Paris ou por correspondência. Um grande número dessas gravações está traduzido em onze línguas.

Estão igualmente disponíveis algumas obras e vídeos.

Algumas gravações estão disponíveis para quem não é membro da associação.

As festividades

Dois encontros tradicionais e festivos marcam o ano e reúnem os membros de Invitation à la Vie, suas famílias e amigos: a assembléia geral da associação em junho e a festa de Natal.

Organizam-se igualmente durante o ano momentos de “portas abertas”, caminhadas de oração, assim como encontros internacionais.